Do Dicionário de Citações

Dupla delícia.
O livro traz a vantagem de a gente poder estar só e ao mesmo tempo acompanhado.
Mário Quintana

segunda-feira, 20 de março de 2017

História do Livro

Aula 2
Europa

A Europa, como o lenho das árvores, se fez por camadas sucessivas, por idades diferentes. O mais velho lenho do Ocidente, o cerne da árvore, é o que dela fora conquistado - e civilizado - outrora pelo Império romano, quando este se estendeu para oeste e para o norte até a dupla articulação do Reno e do Danúbio, de um lado, e das ilhas Britânicas, do outro, de que manteve, e mal, apenas uma parte (em linhas gerais, a bacia de Londres). 
Do outro lado dessas fronteiras, a civilização europeia propagou-se tardiamente, após a queda do Império romano: são as camadas novas e superficiais do alburno. O Ocidente medieval colonizou, no sentido nobre do termo, esse mundo próximo do seu, nele instalando suas igrejas, sues missionários. As abadias, os bispados da longínqua Roma são ali seus alicerces. 
Fernand Braudel, A Gramática das Civilizações. São Paulo: Martin Fontes, 2004, p. 324. 

A História do Livro ocidental tem seu berço na Europa. Das primeiras tábuas de argila cunhadas na Suméria à sua difusão pelos fenícios, na porção oriental do Mediterrâneo, no segundo milênio da antiguidade, vemos desenvover-se no mais velho lenho do ocidente as primeiras transformações da escrita, de seus suportes e de suas respectivas formas de conservação e sistematização. 
Os primeiros rolos em papiro surgem no Egito, no delta do Nilo e sua expansão atinge a Grécia no século VII a.C. 
Serão necessários alguns séculos e mudanças profundas na forma de conceber e guardar o conhecimento para que o livro, esse suporte tão precioso quanto necessário à salvaguarda da memória das sociedades tome sua forma definitiva... ou quase. Antes de adentrarmos nesse capítulo, é preciso conhecer de perto o Velho Continente em suas múltiplas camadas. 
É preciso observar bem seus espaços, conhecer seus múltiplos caminhos e inquirir sobre as conquistas e os cataclismos que fizeram dessa antiga princesa fenícia, que arrebatara o coração de Zeus por sua beleza, um espaço privilegiado para a difusão das grandes inovações da Época Moderna, dentre elas, o livro impresso.  

A disciplina História do Livro é ministrada na Escola de Cominicações e Artes, no Departamento de Jornalismo e Editoração para a cominidade uspiana. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário