Do Dicionário de Citações

Dupla delícia.
O livro traz a vantagem de a gente poder estar só e ao mesmo tempo acompanhado.
Mário Quintana

quarta-feira, 9 de junho de 2021

Palestra: O Livro e a Lei do Preço Fixo: o que é bom para a França, é bom para o Brasil?

 A Palestra "O Livro e a Lei do Preço Fixo: o que é bom para a França, é bom para o Brasil" se insere em uma programação mais ampla, destinada a Pensar a Edição, Fazer Livro, que se encontra em sua 5a. edição. 

Apresento, a seguir, a mensagem de boas vindas dos organizadores do evento. 

Encontro vocês lá!

Pensar Edição, Fazer Livro 5,

 

Estamos alegres com a proximidade do evento, que começa na sexta-feira, dia 18, e termina sábado, 19. 

Na sexta, teremos a oficina de autopublicação, com Ana C e Alex, em parceria com o portal Fazia Poesia. As vagas foram preenchidas rapidamente. Desejamos sucesso!

 

Em seguida, teremos o lançamento dos livros "Além da Gramática" e "Edição, livros e leitura no cinema". As organizadoras, Márcia Romano e Letícia Santana, mediadas pela profa. Rosário, conversarão conosco sobre as obras, que poderão ser adquiridas diretamente dos sites das editoras.

 

Abrindo nosso evento teremos a palestra da profa. Marisa Midori, da USP, que tratará de um tema sempre relevante, a lei do preço fixo para o livro no Brasil. Fundamental nestes tempos (e em todos). 

 

Sábado começaremos com a mesa sobre quadrinhos, mediada pela Isa e com três mulheres maravilhosas das HQs no Brasil: Sâmela, Giovanna e Germana. 

À tarde, teremos a mesa sobre trânsitos editorias entre países de língua portuguesa, com Tito CoutoAmosse e Ana Cecília (mediados por mim), seguida da mesa sobre ostrânsitos latino-americanos, mediada pelo Nathan, com VictorEdgar e Magdalena

 

Em seguida, lançaremos nosso livro "Prezada editora, - mulheres no mercado editorial brasileiro", na coleção Pensar Edição. Todas as sete autoras estarão neste papo (Ana Elisa,Renata, Rosário, AngelaGabriela, Letícia e Luanna).

 

Para maiores informações:

https://pensaredicao.com.br


 

terça-feira, 25 de maio de 2021

Revista da BNU de Strasbourg nos convida para uma viagem ao Oriente

"Enquanto que uma atualidade recente nos faz lembrar o que é, sem dúvida, a sua faceta mais deplorável (o islamismo radical e violentamente proselitista), não parece necessário recuar muito no tempo para encontrar traços certamente passionais, e não raro apaziguadores nas relações entre o Oriente e o Ocidente, os quais alimentam um imaginário forte e uma percepção que se renova sem cessar deste "outro", às vezes, distante, mas ao mesmo tempo muito próximo. De tudo o que se disse, a Revue de la BNU aborda assuntos variados, mas sempre em ligação com este Oriente que na Idade Média restava, e ainda hoje resta, a descobrir. Neste número, aborda-se igualmente a questão da influência otomana sobre a literatura muçulmana, da medicina medieval, passando pela alimentação ou, ainda, pelas narrativas de pelegrinos que seguiam rumo à Terra Santa e se abriam, nesse momento, à cultura oriental". 



Sumário do Dossier

- Da herança "árabe" ao desafio "turco": o Oriente na edição alsacienne nos séculos 15 e 16, Nourane Ben Azzouna
- Sabores e benefícios do Oriente a partir do olhar de um humanista renano, Jérôme Bock, Georges Bischoff
- As viagens de Kalila wa Dimma: traduções ocidentais e primeira impressão de Strasbourg, Annie Vernay-Nouri
- A Hungria real, fonte de informações sobre os muçulmanos na Alsácia nos século 15 e 16, István Monok
- Um tratado singular de medicina árabe medieval: identificação de um manuscrito, Véronique Pitchon e Elhoussaine Oussiali
- Uma fonte original de conhecimento sobre o Oriente na abadia de Murbach: a narrativa do peregrino em Jerusalém de Guillaume de Boldensele, Damien Coulon
- A sombra da ciência árabe: nas margens da biblioteca de Copérnico, Édouard Mehl

A RBNU traz outras seções do maior interesse, as quais colocam em relevo não apenas o rico acervo da instituição, além de questões que envolvem a não menos rica região da Alsácia, mas também aspectos múltiplos da cultura europeia. 
Para saber mais, acesse o site: https://www.bnu.fr/fr/nos-actualites/la-revue-de-la-bnu-ndeg22-est-disponible
Ver também https://journals.openedition.org/rbnu/


quinta-feira, 15 de abril de 2021

Um Encontro para Celebrar as Livrarias da América Latina - Colóquio Virtual, Aberto para Todos

 O Instituto Caro y Cuervo de Bogotá (Colômbia) reúne, a partir de quarta-feira, 21 de abril, pesquisadores para celebrar, resgatar e propor novas perspectivas para os estudos das livrarias. 

Se, no íncio do século XXI, houve um aumento substancioso de pesquisadores dedicados a refletir sobre o livro e as práticas e representações de leitura, as histórias sobre as bibliotecas e as livrarias eram mais raras. Passados vinte anos, as histórias das bibliotecas e das livrarias vêm sendo frequentemente revisitadas, tanto na Europa, quanto nas Américas - mas também em vários países do Oriente, cujas livrarias e bibliotecas têm despertado a atenção de todo o mundo. Tal fato, talvez, se explique pelas próprias mutações que as tecnologias de informação e comunicação provocaram, não apenas nos suportes de leitura, mas também nos espaços de leitura e dos livros. 

Mas há um outro aspecto que amplifica a importância desse encontro.

A terceira revolução do livro vem de par com transformações profundas nos sistemas de comunicações e transportes. Hoje em dia a palavra logística se apresenta como um verdadeiro "Abra-te Sésamo", tanto para os editores, quanto para os livreiros e, também, para os leitores. Diante do avanço do e-commerce cabe perguntar: qual o lugar das livrarias? Mais do que isso, assumindo que sua importância, como ensina a  história, supera a função comercial, como salvar as livrarias nesse novo cenário econômico?

Para além das múltiplas questões que o Colóquio pretende trazer à luz, a celebração e a reunião de pesquisadores latino-americanos se apresentam, hoje, como um grande incentivo para a retomada de velhos diálogos e a abertura para novos encontros.

Espero encontrá-los em Bogotá (virtualmente) semana que vem!

Para acessar o programa completo e se inscrever nas sessções, acesse o link: https://www.caroycuervo.gov.co/Noticias/coloquio-internacional-el-comercio-de-libreria-en-america-latina/.

E clique sobre a palavra: Inscripciones.

Atenção para o fuso hórario! (+ 2h hora de Brasília)

* O Colóquio se incia quarta-feira, às 8h15 (10h15 - hora de Brasília)